terça-feira, 8 de novembro de 2011

Pão de milho com ervas

 

Geralmente quando se fala em pão de milho, vem à nossa memória  aquele pãozinho redondo,  de sabor adocicado, temperado com erva-doce e polvilhado de fubá. Uma excelente pedida para acompanhar o café ou chá da tarde, principalmente se for chá de erva-doce ou canela. E ainda mais se estiver fazendo um friozinho como hoje.

Perdoem-me se os fiz ficar com saudades ou vontade de saborear o pãozinho de milho, mas este é um pão salgado. Não sou muito fã de coisas doces. Gosto, mas não à toda hora, parece que doces foram feitos para beliscar porque uma pequena quantidade já nos deixa satisfeitos. Agora os pães salgados abrem o apetite, até pelo aroma que exalam ao sair do forno.  Muitas vezes sou impulsionada por algum desejo que nasce de mansinho, tão leve que nem chego a notar a princípio, vai se apoderando de mim, e quando me dou conta, estou inventando alguma receita que absolutamente não sei se vai dar certo ou ficar comível.

Foi assim hoje pela manhã. Estava limpando os vasos de ervas, tirando as folhinhas secas, dando beliscões nas pontas para ativar a brotação, replantando cebolinhas e imaginando o que farei com tanto manjericão , que floresce mais rapidamente do que consigo consumir, replanto para ter sempre fresco e as mudinhas se multiplicam  cada vez mais. Bem, nesses momentos esqueço o mundo e me concentro nos aromas e sabores, sim, vou mordiscando coentro, salsa, cebola, salvia etc. Depois como uns tomatinhos, folhinhas de hortelã e vou pensando em inventar algo com o que mais estiver me apetecendo àquela hora.

Com tanta erva dando sopa, por que não fazer um pão com uma porção delas? E por que não um pão de milho, já que estou com excesso de fubá? Comecei colhendo as ervas antes que o sol esquentasse. Fiz um mix de alecrim, manjerona, sálvia, manjericão,coentro, salsa, cebolinha e  orégano. Fiz a massa do pão acrescentando 2 colheres de alecrim bem picado. Enquanto levedava piquei as outras ervas, ralei um pouco de parmesão em tirinhas e amassei no almofariz 2 colheres de sal grosso com pimenta calabresa.

Depois da massa crescida, dividi em 2 partes e fiz uma delas enrolada como pão de forma. A outra, abri com rolo, pincelei com uma generosa camada de manteiga, polvilhei as ervas, o queijo e 1 1/2 colher do sal grosso triturado com pimenta. Enrolei como rocambole, apertando  e fechando bem as pontas. Coloquei numa forma de pão de forma, pincelei com 1 ovo levemente batido com 1 colher de azeite de oliva e salpiquei o restante do sal. 

Ficou excelente sob todos os aspectos, sabor, aroma, textura e outros que posso ter esquecido. A foto saiu ao contrário, enfeitei com um cordão de massa simbolizando um “M “de milho, ficou de cabeça para baixo e acabou sendo um “ W “, de outra coisa, não sei bem o quê, mas como para bom entendedor um risco é letra, fica o dito pelo não dito .

Ingredientes

Água  fria                         360g

Açucar cristal                     20g

Sal marinho                       20g

Manteiga                           80g

Fubá de milho                 240g

Ovos                        1 unidade

Farinha de trigo pães     800g

Fermento seco instantâneo 15g

Alecrim picado      2 colheres

A maneira de fazer é a mesma dos outros pães, depois dos ingredientes bem misturados e a massa bem sovada, deixar descansar por 1h 30min. Modelar os pães e deixar crescer mais 50 min. Forma untada e polvilhada com fubá. Forno preaquecido por cerca de 40min, ou até estar corado e com som de oco ao ser batido com os nós  dos dedos.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...