quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Branca de Neve ou Vovó Donalda ?

 

 

Já ouvi muita gente dizer que não gosta de torta de maçã. Como diria meu neto João Victor, eu amo torta de maçã. Amor antigo, antes mesmo de saber qual era o sabor de uma torta de maçã, que só conhecia da estória da Branca de Neve e os sete anões.Vão pensar que nasci na era paleozóica, mas vou contar. Eu ouvia estórias em discos de vinil. A da Branca de Neve era em 2 discos, acabava um, tinha que esperar virar, tocar do outro lado, um exercício de paciência e atenção para não perder o fio da meada, ou melhor da estória. Fico imaginando as crianças de hoje tão apressadas, com tantas atividades, tantas cobranças, quando é que brincam ou ouvem estórias. Parece que nem são consideradas politicamente corretas as estórias de minha infância. Nem sei como sobrevivi vivendo em um tempo que os educadores de hoje consideram era totalmente inadequado para a educação de uma criança. Mas tinha torta de maçã, quando não era da Branca de Neve, era da Vovó Donalda. E ficavam esfriando na janela, janela de madeira, janela com parapeito.

Sempre quis ter uma janela como a da Vovó Donalda e hoje tenho, não só uma, mas duas, que posso abrir de par em par, para sentir bem cedo o perfume das flores ainda úmidas do orvalho da noite.  Onde posso me sentar para admirar meu jardim, e onde meus gatos se deitam pachorrentamente à espera de algum passarinho que num momento de distração venha pousar nos galhos de alguma das árvores Quando falo de minhas janelas, estufo o peito , são janelas de demolição, de peroba rosa maciça, com mais de um século de existência, resgatadas por mim  aos pedaços e restauradas em um trabalho artesanal. São janelas onde se pode colocar tortas para esfriar, são largas e sólidas. Se Vovó Donalda visse diria,” são iguais às minhas. “

E já que tenho janela , faço tortas. Raramente faço torta de maçã porque só eu mesma as aprecio, mas como nesse finzinho de ano estou fazendo todas as minhas vontades, fiz torta de maçã.  O perfume que se espalhou pela cozinha valeu a pena. Um misto de maçã, canela, anis estrelado e cardamomo se harmonizaram dando lugar a um aroma delicioso.

Minhas primeiras tentativas de fazer torta de maçã, não resultaram em sucesso, depois de prontas o sabor não era o que esperava. Aqui nos trópicos não era uma receita comum e as poucas pessoas que sabiam fazer não tinham receita, faziam de olho. Um dia uma amiga foi morar no Canadá e me arranjou uma receita lá. Fiz e gostei. Depois fui modificando até chegar ao que é hoje minha receita , nem da Branca de Neve e nem da Vovó Donalda, mas a Torta de Maçã da Ana.

Ingredientes

Massa:

Farinha de trigo              120g

Manteiga  gelada              60g

Açucar cristal                    30g

Sal                              1 pitada

Gemas                     2 unidades

Leite                                50 ml

Fermento químico       1 colher, das de café.

Bater no processador ou misturar rapidamente , embrulhar em plástico e levar à geladeira.

Creme:

Farinha de trigo                4 colheres

Leite condensado              l lata

Leite integral                     750 ml

Creme de leite                  1 lata

Baunilha                            1 fava

Abrir a baunilha, raspar e colocar para ferver com o leite. Misturar a farinha de trigo com o leite condensado, acrescentar o leite com a baunilha e levar ao fogo mexendo sem parar até estar cozido. Acrescentar o creme de leite, misturar bem e cobrir plástico bem colado para não criar película. Esfriar bem.

Descasque , fatie 4 maçãs e coloque em uma panela com 1 xícara de água e suco de 1 limão.Acrescente 1 anis estrelado, 2 cardamomos, 1 pau de canela. Leve ao fogo baixo e deixe cozinhar até as maçãs ficarem transparentes mas não deixe que amoleçam.

Montagem da torta.

Abrir a massa e forrar o fundo e as laterais de uma forma ou refratário. A massa deve ficar bem fina. Coloque o creme e finalize com as maçãs escorridas. Reserve a calda que sobrar. Leve a assar em forno 180° por cerca de 30’. Quando tirar do forno coloque a forma sobre uma grade para esfriar e regue com a calda . Polvilhe canela.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...