quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

A broa do genro, um pitaco meu…

 

Parece que todo mundo já ouviu falar que o que é bom, algumas vezes pode ficar melhor ainda. Foi o que aconteceu com a broa do genro.  Testei a receita, achei maravilhosa, mas alguma coisa estava me deixando em alerta e quando fico nesse estado, o Tico e o Teco não param de trabalhar tentando saber o que está me incomodando.

Hoje, enquanto fazia minha caminhada, uma ideiazinha começou a desabrochar. Cheguei em casa e pus mãos à obra. Repeti a receita, acrescentando desta vez  meia colher de fermento químico em pó. Era o que faltava para a perfeição total. A broa ficou mais crescida e não perdeu a forma ao esfriar. Adquiriu um aspecto  maravilhoso, devo frisar que gosto de texturas mais firmes e talvez nem todos tenham essa mesma opinião.Para mim ficou perfeita, mas espero outras opiniões.

Nota: Não se deve usar o fermento instantâneo, tipo Pó Royal, mas daqueles se só começam a agir em contato com o calor, como o Oetcker ou D. Benta.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...