terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Sob o sol da Toscana ou nada melhor que a simplicidade na vida

 

 

Parece que todos nos sentimos meio apreensivos no mês de dezembro, há um certo clima de ansiedade no ar, um meio que medo de alguma coisa não sair como planejado.  E fazemos planos e listas e nos perdemos em tantos preparativos que ao chegar o tão esperado dia de Natal, estamos cansados  e nem conseguimos curtir como gostaríamos.

Quando decidi simplificar minha vida, eliminei várias etapas que hoje vejo eram totalmente dispensáveis, só eu não percebia. Dou a cada coisa o valor que verdadeiramente tem. O Natal , que deveria ser uma comemoração cristã, há muito perdeu essa conotação e passou a ser uma data meramente comercial. O verdadeiro significado nem é mais ensinado às crianças, que anseiam apenas por presentes caros e que logo serão esquecidos. Meus preparativos passaram a ser mais espirituais do que materiais. Assim não preciso enfrentar shoppings abarrotados de pessoas esbaforidas, hipermercados fervilhando ou ruas com engarrafamentos enervantes.

Só faço o que considero essencial e especial como o bolo de Natal, que faço no 1º domingo do Advento e deixo concentrando os sabores e aromas  até a manhã do dia 25, quando será devidamente apreciado por alguns e esnobado por outros. Costumo vestir a casa para o Natal, com avental, panos de prato, tapete da porta e outros detalhes, todos feitos por mim.  Com a casa pronta, guirlanda de anjo na porta, luzinhas piscando e bolinhas nas plantas, resolvi me dar um tempo para não fazer nada. Ligo a tv e que filme estava começando? Sob o sol da Toscana. Perfeito, tudo o que poderia desejar, enroscar-me no sofá com uma manta de patchwork, barulho de chuva lá fora e as lindíssimas paisagens da região da Toscana. Realmente, há certas coisas que não têm preço. Aquela sensação de paz, tranquiilidade e harmonia perdurou e me inspirou a fazer uma torta que pelos sabores fizessem que aqueles momentos durassem aiinda mais. Na lista das coisas que mais gosto de fazer os pães ocupam o lugar de honra, mas logo em seguida vêm gloriosas as tortas, com suas massas quebradiças e recheios cremosos. Eis aí a minha torta, recém-saída do forno enchendo minha cozinha de deliciosos aromas de ervas. Decorei com estrelinhas para ficar mais natalina.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...