quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pão com castanhas de pequi

 

Com a crescente necessidade de nos voltarmos para uma vida mais saudável e natural, a ciência tem se ocupado em estudar os poderes dos alimentos nativos em cada bioma. O pequi é considerado uma bênção de Deus para os habitantes do cerrado. Vencendo toda hostilidade do solo e o desprezo do homem, é um fruto generoso e durante sua temporada alimenta a todos sem distinção, proporcionando ainda ao sertanejo uma renda extra com a produção e a venda de seu óleo.

A cor amarela do pequi é que mais tem chamado a atenção dos pesquisadores que estudam as fontes de betacaroteno, precursor da vitamina A. Já se sabe portanto que o pequi além de rico em proteínas, fornece grande quantidade de vitamina A.

O pequizeiro é protegido por lei e seu corte é considerado crime contra o meio ambiente. É consumido no nordeste, norte de Minas Gerais e em todo o centro oeste, mas é considerado um fruto tipicamente goiano.

Com o pequi é assim -  “ Ame-o ou deixe-o”. Seu aroma é muito forte e o gosto não se compara a nenhum outro. Alguns, como eu, o amam de paixão, outros não suportam ao menos entrar em uma cozinha onde esteja sendo preparado.

O pequi faz parte da Arca do Gosto, catálogo do movimento Slow Food, onde constam produtos cujos sabores estão se tornando esquecidos devido à ameaça de extinção, mas que ainda se conservam vivos e com potencial exploratório para agricultura de subsistência.

Para extrair a castanha do pequi basta secar a semente ,já utilizada e que iria para o lixo, por 2 dias, depois é só abrir e a castanha sai inteira. O sabor não é tão acentuado como o do fruto, mas é delicioso.

 

Ingredientes

Água fria                                560

Ovo                                1 unidade

Sal marinho                              14g

Açucar mascavo                        20g

Mel de abelhas                           30g

Manteiga sem sal                        30g

Chocolate em pó 50% cacau       30g

Farinha de trigo para pães         800g

Farelo de trigo                            120g

Cardamomo (opcional)               1/2 colher, das de chá

Castanhas de pequi                1/2 xícara

Fazer a massa do pão da maneira habitual  e  deixar levedar. Quando for moldar acrescentar as castanhas de pequi em pedaços, deixar crescer e levar a assar.. 

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...