quarta-feira, 11 de julho de 2012

Palhaços do Gabriel

 

Os preparativos para o aniversário de Gabriel me absorveram tanto tempo que embora quisesse postar pelo menos algumas de minhas idéias, não consegui.  Como faço tudo sozinha, tive que me desdobrar e aí no fim do dia estava tão cansada que só queria  dormir.

As idéias iam surgindo ao mesmo tempo na minha cabeça e na da mãe dele, discutíamos até chegar a uma conclusão. O nome da festa era  “O circo do Gabriel”, então imaginei que palhaços seriam uma boa pedida. Logo acharam que era muito trabalhoso, mas bati o pé e não arredei do lugar, queria fazer palhaços e ia fazer. Fui fazendo modelos até chegar a um que me agradasse e imaginei também encantasse as crianças. Além de bonito, tinha que ser leve e  macio ao toque, aquele brinquedo que dá vontade de agarrar e faz os adultos ficarem com pena de haverem crescido.

Como sou irredutível em relação a detalhes, detive-me na análise de cada um, como botões, design da roupa etc. Até acertar cortei e costurei vários macacões que iam sendo descartados ou modificados. Fiz camisas, tirei porque ficou muita informação, brigando com a gravata e o suspensório.

Depois foi a vez do cabelo e do chapéu, esse o item mais difícil, porque qu havia encasquetado de fazer uma cartola, o que além de trabalhoso, afinal não ficou tão bonito como imaginara. Só percebi depois de fazer 20 abas, todas com ponto caseado à mão. Não tive pena, joguei para o alto , cortei outro modelo e aí fiquei satisfeita.

Conheço várias pessoas que não gostam de palhaços, entre elas uma filha. Talvez seja a lembrança do susto ao ver aquela criatura caricaturada, exageradamente pntada como costumam se caracterizar  os palhaços.

Tive cuidado então de pintar a carinha como a de um boneco comum, apenas mais alegre e peralta. Saiu então o Gabrielito, que gosta de pirulito, parecido com uma criança normal.

Pelos comentários que tenho recebido, parece que agradou, espero mesmo que sim.

 

Depois de devidamente embalados ficaram com pose de gente importante. À princípio eles seriam parte do arranjo das mesas dos convidados, ainda bem que mudamos de idéia e eles foram distribuídos ao final da festa e na mão de cada criança. Vi adulto dando birra!

Ficou mesmo muito fofucho!

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...