quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Prá quem não gosta de pão integral

 

Gosto não se discute, cada um tem o seu e sinceramente acho uma perda de tempo ficar insistindo para com as pessoas para que gostem de algo simplesmente porque é saudável ou pior, alguém falou que é bom para emagrecer. Simplesmente não cola. Eu adoro grãos integrais, mas sei que tem muita gente que não gosta. Pode-se argumentar que os integrais são mais nutritivos, saciam mais (isso já comprovei que é verdade, 1 fatia de pão integral equivale a 2 de um pão de farinha refinada), têm fibras etc. Se a pessoa não gosta vai comer contrariada ou forçada como se fosse uma obrigação. Caso esteja acima do peso vai comer só para acalmar a consciência, quem sabe até acompanhado de um copo de refrigerante diet, claro,atualmente há uma devoção avassaladora aos produtos diet ou light.

Sinto-me na obrigação de confessar que produtos diet ou ligth não fazem parte de minha dieta diária. Sou da turma que entende que quanto mais natural o alimento melhor, quanto mais pudermos evitar conservantes, acidulantes e outros “ antes”, mais nossa saúde agradecerá. Nosso organismo precisa de carboidratos, proteínas, gorduras, sal, açucar, vitaminas etc, para funcionar a contento. O que não se pode é exagerar, tem que seguir o meu lema Temperança- nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Cada um deve se analisar e concluir o que faz bem ao seu corpo. E também não se entregar à inatividade física, ingeriu energia tem que gastar, nada de economizar para o mês seguinte.

Este pão é muito fácil de fazer, leva apenas ingredientes básicos e pode ser congelado.

Ingredientes

350 ml de leite integral gelado

50 ml de água gelada

1 ovo

1 colher de manteiga sem sal

1 colher de azeite de oliva

1 colher de açucar mascavo

1/2 colher de sal marinho

650 g de farinha de trigo para pães   (às vezes vai um pouco mais, depende da umidade, tamanho do ovo etc) , equivalente a cerca de 4 xícaras e meia de farinha.

2 colheres de chá de fermento biológico instantâneo.

Se for utilizar a MFP, colocar os ingredientes na ordem acima, selecionar o ciclo massa e completar a função. Depois de crescido, tirar da cuba, modelar os pães, deixar crescer novamente até dobrar de volume e assar da maneira habitual, forno preaquecido a 220°, nos primeiros 10’, reduzir para 180°  e continuar assando até ficar com a casca dourada . Um bom teste para saber se está assado é bater com os dedos fechados, deverá emitir um som oco. Deixar esfriar sobre uma grade. Nunca corte um pão quente, ele continua assando enquanto esfria.

Nota ; se quiser uma casca mais crocante, coloque uma latinha com gelo dentro do forno, o vapor que será produzido vai enrigecer a casca e torná-la quebradiça.  Pode também borrifar com spray de água gelada a intervalos de 10’, enquanto o pão assa, tendo o cuidado de fechar rapidamente o forno .

Um comentário:

  1. Vou fazer esta receita amanhã para estrear minha máquina de pão

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, ficarei muito feliz.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...