sábado, 6 de abril de 2013

A felicidade veio sem avisar e ficou…

 

A cada dia mais me sinto gratificada com essa atividade de blogueira. O que começou meio que de brincadeira acabou se tornando uma atividade sumamente prazerosa, me angariou muitas amizades, ampliou meus horizontes e desenvolveu como nunca minha capacidade de entender e observar a vida sob a ótica das outras pessoas.

O Blog me tornou uma pessoa melhor, mais criativa e mais compreensiva. Aprendi a amar pessoas que nunca vi pessoalmente e a cultivar uma crescente intimidade com elas a tal ponto que quando recebo suas mensagens é como se estivéssemos trocando ideias sentadas lado a lado.

Aprendi que nem todos pensam como eu e nem trilharam os mesmos caminhos e que a troca de conhecimentos entre nós é muito benéfica, o que aprendo com um, ensino a outros e todos saem ganhando, não só em conhecimento, mas desenvolvendo nossas habilidades de socialização. Também coisas que antes não me interessavam muito passaram a fazer parte de meu cotidiano.

 

Ao escrever um livro o autor revisa por várias vezes seus apontamentos e tudo sai da forma mais correta, afinal seu sucesso ou não, sua reputação e seu futuro como escritor estão em jogo.

Um blogueiro só tem compromisso com seus leitores, com os quais interage diariamente e se torna de certa maneira tão íntimo deles, que passa a expor suas experiências em linguagem coloquial o que por sua vez torna ainda maior a intimidade. Quando encontramos pela primeira vez um leitor, falamos com ele como se nos conhecêssemos há tempos, os assuntos fluem com a maior facilidade.

Por essa e outras razões considero que o Blog caiu do céu em meus braços, enviado certamente por um anjo protetor. Preenche tanto minha vida que as outras ocupações que antes eram primordiais passaram a segundo plano. Permite-me partilhar as aventuras de quem trabalha em casa, aliás, tenho o privilégio de morar em casa, o que parece até uma coisa demodée, mas para mim é a realização de um sonho não viver presa em gaiola/apartamento. Posso acordar com o cantar dos pássaros, que moram nas árvores do meu quintal. Recolher os ovos que galinhas sem stress botaram na hora e dia que quiseram. Não preciso pisar em cimento, o que detesto. Em minha casa só é calçado o mínimo indispensável, o resto é grama e terra mesmo, chão que me energiza.

O piso da casa é todo em cerâmica, água e sabão e sente-se o frescor sob os pés descalços. Nada de tapetes, ou cortinas, não quero aprisionar pobres ácaros. E principalmente não quero viver em uma casa que ficou pronta e decorada. Quero uma casa viva onde tudo se move e renascea cada dia, inclusive os enfeites. Quando alguém me diz “... não há nada fora do lugar em minha casa...”, imagino logo, isso não é uma casa, é certamente um quadro para se admirar.

Detesto coisas e pessoas pregadas no lugar, com normas e rotinas imutáveis. Prefiro, como a natureza, renascer a cada dia, assim não crio bolor ou ferrugem, sinto o sangue a me correr nas veias, a imaginação saltitar, a vida me inundar pelo prazer de simplesmente existir.

Sempre ouvi que não se pode ter tudo na vida, então mais que depressa tratei de escolher viver. Viver para mim é estar perto da natureza, fazer minha própria comida, criar meus gatos e cultivar inspiração para meus trabalhos. Para isso mandei construir meu ateliê sob a mangueira e da janela posso ver as jabuticabeiras que me enchem a alma de alegria com suas folhinhas verde clarinho sempre a se renovar. Se a felicidade é feita de momentos, a minha é dividida entre escrever, fazer pães e outras coisinhas gostosas e projetar e confeccionar meus quilts. E a melhor parte é poder dividir com meus leitores tudo o que produzi.

A felicidade não precisa de muito para chegar e fazer morada, acreditem. Só é necessário estar de portas abertas para recebê-la.

Há de, porém, não deixá-la escapar, o tempo pode ser cruel com os indecisos. É preciso viver o hoje.

O amanhã... deixemos nas sábias mãos de Deus.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...