terça-feira, 2 de abril de 2013

Mais um bolo de chocolate

 

Amo muitas coisas tais como plantas, gatos, pássaros, pessoas, mas chocolate… isso já é uma obsessão.

Bolo do meu aniversário só podia ser de chocolate, muito chocolate. Bolo para chocólatra nenhum botar defeito.

E que excelente oportunidade para testar as idéias mirabolantes que saem da minha cabecinha oca é um aniversário.  Reune-se uma porção de gente e sem que percebam viram cobaias de uma experiência nova.

Com o acontecido no aniversário do Henrique aprendi que fazer bolo pequeno nessa família de comilões é perda de tempo. Minha filha Luciana porém me deu uma idéia, quando eu quiser fazer um bolo pequeno e que sirva muita gente é só usar ingredientes sem qualidade, chocolate fracionado, recheios industrializados etc.. parei de ouvir para não ficar contaminada com falta de qualidade.

Faço questão absoluta de usar os melhores ingredientes que puder e ainda de me planejar com antecedência quando vou fazer um bolo de festa. Só assim não corro o risco de ter que improvisar e ficar insatisfeita.

Organizei tudo na minha cabeça de véspera, conferi se tinha todos os ingredientes necessários como creme de leite fresco, chocolate meio amargo, cerejas, damasco, açucar mascavo, manteiga sem sal e cacau. Infelizmente não consegui cacau orgânico e tive que usar o nacional, acrescentei uma colherinha de bicarbonato para tirar a acidez dele.

A massa de pão-de-ló, além de ser mais fácil de fazer, facilita na hora da montagem do bolo, mas minha mãe detestava pão-de-ló e transmitiu às netas essa repulsa, então sempre faço massa de bolo amanteigado mesmo.

O bolo muito macio é bem mais difícil de montar, é preferível que se use um aro ou montar em uma forma de fundo falso. Uma mania que tenho é fazer um recheio diferente para cada camada do bolo. Gosto de fazer bolo de três ou quatro camadas, de três asso em forma mais funda e corta em três. Os de  quatro , asso em duas formas iguais, mais rasa e corto cada um ao meio.

Estou vivendo uma fase apaixonada por trufas e por mim teria feito um dos recheios de trufas, mas como algumas pessoas não gostam de bebida alcoólica, desisti. Fiz um brigadeiro mole, quando tirei do fogo juntei chocolate meio-amargo picado  e acrescentei creme de leite batido para dar mais cremosidade. Gosto de camadas espessas de recheio, para conseguir isso deixo o recheio na geladeira para ficar mais firme e não escorrer. Para cortar algum sabor adocicado que tenha escapado  piquei damascos e cozinhei até que ficassem macios e depois processei levemente, apenas para dar a consistência de pasta. Casou muto bem o gosto do chocolate com o damasco.

Na outra camada utilizei mousse feita com creme de leite fresco e chocolate meio amargo, e  cereja picada por cima. Gosto de utilizar fruta junto ao chocolate para realçar o sabor de ambos.

Devem ter gostado do bolo porque todos repetiram e olhe que minhas fatias são generosas.

O que sobrou na bandeja, o Genro, que está muito magrinho, levou para comer à noite. Só deixei porque ele tinha levado um presente que adorei.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...