sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Bolo de milho


À princípio estranhava quando me perguntavam se as receitas que publicava no blog eram testadas. Só depois vim a entender a razão da pergunta. Há pessoas que simplesmente reproduzem receitas no intuito de ajudar, mas sem o cuidado de testar antes.
A grande maioria de minhas receitas é invenção minha mesmo. Sou dona de uma imaginação sem limites e cozinhar uma paixão, assim sendo, minha cozinha é meu laboratório. Lá me transformo em alquimista, mágica, química ou o que preciso for para materializar o que me vai na mente.
Muitos se auto-intitulam “culinaristas”, termo que julgam seja mais carregado de finesse e sem o ranço da senzala que muitos imprimem à cozinha. Eu sou cozinheira, aquela pessoa que põe a mão na massa e produz comida para alimentar a família e os amigos. Sinto orgulho quando dizem que cozinho bem, nunca me senti inferiorizada por executar o que muitos delegam. E quanto à senzala, que atire a primeira pedra quem não tem sangue de origem negra correndo nas veias.
Quando encontro na net ou em algum livro ou revista, receita que me parece interessante, testo e só então publico. Aconteceu semana passada. Vi uma receita de bolo de milho e resolvi fazer para aproveitar alguns ingredientes que tinha na geladeira.
Fiz a receita exatamente igual, fiquei decepcionada com o resultado. Minha primeira reação foi deixar de lado, resolvi porém dar mais uma chance porque o sabor era bom, a textura é que não agradou.

Repeti então,com algumas alterações que a experiência  autoriza a fazer. Ficou muito bom, aromático, e com uma leve cremosidade permeando a textura leve. A receita original não levava especiarias, mas como entendo que o milho as aceita bem, utilizei uma mistura de sementes de erva-doce e lavanda o que combinou perfeitamente.
Ingredientes
3 xícaras de leite integral
4 ovos
2 xícaras de açúcar cristal
1/2 xícara de farinha de trigo para bolos
1 xícara de milharina
2 colheres de queijo ralado
2 colheres de manteiga
1/2 xícara de leite de coco
1 colher de fermento químico em pó.
1 colher de sementes de erva-doe e lavanda misturadas
1 colher de canela em pó.
Reservar as sementes e bater os ingredientes restantes no liquidificador. Misturar as sementes e levar a assar em forma untada e polvilhada.
Forno médio, a 180°, por cerca de 35’. É bom testar com o palito.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...