terça-feira, 29 de julho de 2014

Peixe à Thermidor

Tenho receio de publicar certas receitas consideradas “clássicas”, porque tenho a mania de colocar minhas pitadas disso e daquilo  e sempre pode haver algum purista de plantão para se sentir ofendido.

Como já ouvi alguém dizer, minhas receitas são minhas receitas, modifico-as a meu bel prazer, e dou a todos a liberdade de fazer o mesmo.

Faço peixe à Thermidor há muitos anos por ser simples e muito saboroso, sai do lugar comum do peixe frito.

Ingredientes:

· 700 g de filé de peixe

· sal e pimenta-do- reino à gosto

· ´1 xícara de vinho branco seco.

· Salsa picadinha

· Farinha de trigo

·2 colheres de manteiga

 

Molho:

· 3 colheres de sopa de manteiga

·3 colheres de cebola micro picada.

3 colheres de sopa de farinha de trigo

· 750 ml de leite integral

· 6 colheres de sopa rasas de queijo ralado, utilize 3 colheres no molho e reserve o restante para polvilhar.

· Sal

· Pimenta da Jamaica ou noz moscada a gosto

· 1 lata de creme de leite

Temperar os filés com o sal, vinho, pimenta e a salsa. Deixar descansar por 20’. Enxugar com papel toalha e passar levemente em farinha de trigo. Derreter a manteiga aos poucos em frigideira antiaderente e grelhar os filés aos poucos.  À medida que tirar vá arrumando em prato refratário.

Para o molho:  Derreter a manteiga e murchar a cebola, acrescentar a farinha de trigo e dourar, despejar o leite já aquecido, mexer até engrossar e cozinhar. Temperar, acrescentar o queijo ralado e o creme de leite já fora do fogo.

Arrumar o molho sobre os filés, polvilhar o queijo ralado e levar por 10’ ao forno quente para gratinar.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Patê de ricota

pão e patê 023

 

Gosto muito de fazer patês para acompanhar os lanches. São simples, despretensiosos e enobrecem até uma simples torradinha. Geralmente invento na hora, com os ingredientes que tenho na geladeira, cenoura, ricota, azeitonas, atum, presunto …

Considero essencial que os ingredientes estejam frescos para que o sabor aguce os sentidos. Provar após acrescenta cada ingrediente vai deixar o patê com o tempero na medida certa.

Ingredientes

250 de ricota fresca ralada ou amassada com um garfo

50 g de presunto magro picado

2 colheres de creme de leite

2 colheres de queijo ralado (uso o parmesão)

Maionese de sua preferência para dar liga ao patê

Cheiro verde e ervas à gosto. Prefiro ervas frescas. As secas devem ser usadas com parcimônia para não encobrir o sabor dos outros ingredientes.

Como tenho ovos frescos no quintal, faço eu mesma minha maionese e tempero com alho que dá um sabor incrível ao patê.

pão e patê 027

Pronto, quem reclamou que eu não tinha postado a receita do patê, agora já pode fazer e se deliciar. O bom é que cada um vai temperando a seu gosto e com o que já tem em casa.

Enjoy!

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Pãozinho de batatas

Com  a intenção de organizar um pouco meus livros e cadernos de receitas, comecei a folhear as páginas antigas e amareladas e aí pronto… fiquei nostálgica.  Veio então uma vontade louca de voltar no tempo.

Tempo em que não tinha MFP e amassava o pão com as mãos enquanto imaginava que ia ficar delicioso e minhas filhas iam adorar. Na realidade  tentava era passar energia positiva com muito amor para a comida que  eu preparava. Sempre que conseguíamos uma receita diferente, eu e D. Ana (minha mãe), arregaçávamos as mangas e começávamos  a fazer imediatamente.

Uma das receitas preferidas das crianças, era o pãozinho de batatas. Semana passada fiz e pude sentir que o sabor ainda era o mesmo de décadas atrás.

Ingredientes

6 batatas médias

1 xícara de leite

3 gemas

15g de fermento seco instantâneo ( 1 colher e meia)

200 ml de óleo

2 colheres de manteiga sem sal

8 colheres de açúcar

1 colher, das de sobremesa, de sal

1 kg de farinha de trigo.

Cozinhar as batatas e ainda quente, espremer ou amassar com um garfo. Acrescentar a manteiga e esperar esfriar. Juntar os demais ingredientes. Se utilizar a MFP, ligar na função 8 e esperar completar o ciclo. Essa massa não precisa descansar antes de enrolar. Quando estiver soltando das mãos, faça os pãezinhos e coloque em forma untada e enfarinhada. Deixar então crescer até dobrar de volume, pincelar com um ovo levemente batido e polvilhar gergelim. Eu uso com casca, mas quem não gosta pode usar o branco.

Forno pré aquecido a 180°.  Regular em 150° nos primeiros 10 minutos e depois voltar a 180°.

Esse pãozinho é muito delicado, tire com cuidado da forma e  deixe esfriar em uma grade.

Fiz um patê para acompanhar meu pãozinho, mas isso já é assunto para outro post.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...