quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A primavera bate à porta









Hoje ao molhar o jardim observei uma tímida manchinha colorida no vaso da Azulzinha, depois uma quase desabrochada flor no canteiro de Falsa Iris, as roseiras podadas já estão cheias de rebentos … É a primavera chegando mais uma vez.

Quando pequena imaginava que havia um gnomo que após um longo período de hibernação, despertava e se punha a sacudir um sino enorme para acordar as plantas e anunciar a primavera. Sempre tive uma imaginação muito fértil e povoada de magia.

Para mim não é necessário que o calendário indique o dia, quando a Mãe Terra quer mudar a roupagem, é que chegou a nova estação. Abram alas para ela!


Timidamente o jardim vai se espreguiçando e logo se tingirá de cores diversas que é como gosto. Meu jardim é como eu, não segue padrões impostos, é uma mistura alegre de várias mudinhas que aos poucos vão se adaptando umas às outras.

É primavera e agora o que faço? Ora, uma torta de legumes, haverá maneira melhor de se comemorar a chegada da primavera?
E vamos lá, da gaveta da geladeira tiro uma abobrinha e uma cenoura ainda com a folhagem, do congelador, vagem que costumo deixar pré-cozida para alguma emergência e ervilhas.

Ralei a   cenoura e  a abobrinha ..   Gosto de fazer meus recheios em frigideira, a minha é de inox, da linha Solar da Tramontina, já tem mais de 20 anos, tem o fundo bem grosso o que auxilia muito a manter a temperatura uniforme.
Aqueci a frigideira com 2 colheres de azeite e um tico de cebola (não posso comer cebola, ponho só para dar um leve sabor). Refoguei a abobrinha e a cenoura, coloquei sal e moí um pouco de pimenta, não meço, coloco e provo. Acrescentei as vagens e as ervilhas, coentro e cebolinha. Deixei esfriar.


E a massa? Tinha que inventar algo e torcer para dar certo. Fui medindo, pesando e por fim coloquei numa tigela:

1 xícara de farinha de grão de bico
1/2 xícara de farelo de aveia
1 xícara de queijo ralado
2 colheres de amido de milho
1 colher de fermento em pó
4 ovos
1/2 xícara de creme de leite fresco
1/2 xícara de azeite de oliva
1 xícara de água
Orégano e uma pitada de sal.

Coloquei no liquidificador os ovos  e os outros líquidos, bati  para misturar bem e acrescentei o restante dos ingredientes. Bati até ficar bem homogêneo.
Untei uma forma refratária com manteiga e polvilhei queijo ralado. Coloquei metade da massa, o recheio bem distribuído e o restante da massa. Ela fica meio líquida e se mistura ao recheio.
Polvilhei queijo ralado e levei ao forno pré-aquecido a 200° por cerca de 20'.
Não me guio por tempo de forno, sempre verifico se está bem corada, assada e macia.
E sempre faço o teste do palito em bolos e da faca em tortas ou pudins.
Tirei do forno e deixei arrefecer um pouco antes de servir, acompanhada apenas de salada de agrião, rúcula e tomate cereja.
Gostei do resultado, razão pela qual estou postando.  O sabor da abobrinha sobressaiu-se aos outros, como amo abobrinha....Ficou bem leve e creio que fica bom também assada em formas individuais como muffins. E o recheio pode ser trocado por outros legumes conforme o gosto.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...