domingo, 8 de julho de 2018

O tempo




O TEMPO... Por vezes um velhinho de longa barba branca como neve, passos trôpegos e muito lentos. Outras, moleque serelepe, saltitante, veloz como um piscar de olhos. Não o podemos governar e ainda trazemos na memória a imagem de Cronos, o grande titã da mitologia grega. A ele simplesmente nos curvamos.
Não quero dizer com isso que me desespero ou sinta a impotência tolher meus passos, aprendi com o próprio tempo, a empregar a astúcia para entender suas armas.
Se estou ansiosa, ele está sempre lento e mal arrasta os pés, preciso de uma resposta urgente, ele ri e mais vagaroso ainda se torna.
Ao contrário, em momentos de intensa felicidade, que pretendo dure para sempre, surge como um corisco e antes que dê um suspiro ele se vai levando consigo toda a magia ao meu redor.
Não sou apegada ao passado, tenho memória leve e frágil, não consigo carregar muita bagagem.  Costumo achar que tudo que nos ocorre é da vontade do Criador e como tal, instrumento de aprendizagem e evolução. Não compete a nós a escolha dos momentos , podemos apenas vivê-los com intensidade, com a certeza que amanhã não passarão de tênue lembrança.
O Tempo, porém, que não é bobo, inventou a fotografia para que pudéssemos estar sempre a lembrarmo-nos dele. Taí, quem vai poder deixar de reparar no antes e depois? Antes das rugas, dos cabelos brancos, das bochechas menos carnudas e outras coisas mais que nem vale a pena lembrar.
Este ano foi muito especial em minha família. Poderia simplesmente dizer que nasceram dois bebês, mas não foi somente isso que aconteceu. Nasceram uma bisavó, eu; uma avó, minha filha Luciana e duas mães, a neta Mariana e a filhota Fernanda.
E o Natal nos fez recordar de outro natal, em 1999, quando em um só ano chegaram 3 bebês. A partir daí o Natal nunca mais foi o mesmo.
E logo alguém apareceu com uma foto , Natal de 2003, Júlia com 2 anos , Amanda, Ana Helena e Henrique com 4.  Mais que depressa correram a reproduzir a pose, 14 anos se passaram e a alegria e a amizade entre os primos cresceu.

Patchwork da Mommy



...um lugar para se falar de patchwork, quilt, receitas culinárias,gatos, plantas e o que mais vier...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...